caso não seja imediatamente redirecionado, estou em http://escritacarmim.blogspot.pt/

sábado, 26 de maio de 2012

eu

eu sou uma gaja chata e com pouca paciência para os outros.
por isso, larguem-me da mão.
deixem-me só, quieta no meu canto, pois o que mais prezo na vida é esta minha solidão.
não gosto de muitas coisas nem de muitas pessoas.
gosto de mim.
acho-me superior em inteligência.
basta-me reconhecê-lo para provar que tenho a inteligência suficiente para perceber o traste antissociável que sou.
por isso, sou desprezível e não mereço outra coisa senão ser ostracizada e condenada à solidão.
é isso mesmo.
vão lá embora, vão.
adeus.

1 comentário :