caso não seja imediatamente redirecionado, estou em http://escritacarmim.blogspot.pt/

sexta-feira, 1 de junho de 2012

o verão da minha infância

os verões da minha infância eram longos e quentes.
mal começava o tempo bom, a tia aprumava-me com vestidos de folhos e prendia-me o cabelo, para o meu pai me levar ao parque.
o meu pai trabalhava por turnos, numa fábrica perto de casa, e saía às quatro da tarde.
levava-me ao parque e depois levava-me com ele para as tascas, onde se falava de futebol e havia petiscos e um papagaio que dizia palavrões, e onde aprendi a jogar sueca e dominó.
nos verões da minha infância havia brincadeiras na rua e muitos tios e primos.
nos verões da minha infância eu passava férias com os tios do seixal e com os tios de setúbal e acabava sempre na casa dos avós em elvas.
também ía à praia à figueirinha e a troia e fazia piqueniques no guadiana.
mas o que mais me lembro é  de descer a ladeira da casa da avó céu a correr, com socas de madeira nos pés, aquela ladeira tão íngreme, forrada a enormes pedras pretas redondas.
e dos segredos e das cumplicidades trocadas com a minha prima irmã, coisas de meninas que haviam de crescer sempre ligadas pelo coração.
lembro-me que à noitinha saíamos em família para comer um gelado, do calor húmido que fazia com que tudo se colasse à pele e do ar inebriado pelo cheiro do jardim das laranjeiras*.
os verões da minha infância eram incomparavelmente mais felizes do que quaisquer outros verões por vir.

26 comentários :

  1. :)
    os verões eram bons, na rua, felizes e rodeados de amor e brincadeira. boas recordações :)
    ***

    ResponderEliminar
  2. Muito bonito... mas devemos sempre ter esperança noutros verões :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e tenho! tenho tido verões sempre felizes... e por esta altura o verão de 2011 parece-me que foi dos melhores de sempre. ;)
      mas os verões de quando eu era pequenina vão ser para sempre mágicos!

      Eliminar
  3. O mundo sempre parece mágico quando somos pequenos

    ResponderEliminar
  4. Se eram felizes!!! tantas saudades desses tempos querida Scarlet...

    ResponderEliminar
  5. Como os meus.
    É a magia da infância, quando tudo é único, intenso e simples...
    bjs

    ResponderEliminar
  6. Infâncias felizes, verões carregados de alegrias e memórias doces!

    ResponderEliminar
  7. o meu verão também vai ser mais escrito que fotografado, adoro fotografia mas acho que esta será a oportunidade ideal de voltar a escrever :)

    ResponderEliminar
  8. Os verões da minha infância eram uma delícia. Despreocupados, livres, intemporais... com certeza muito diferentes dos que estão para vir. Não sei se mais felizes ou não.

    ResponderEliminar
  9. Que Verões maravilhosos, ficaste com memórias doces e quentes :) *

    ResponderEliminar
  10. Tão lindo, adorei ler. É tão bom termos estas recordações lindas da infância.
    beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  11. Oi, Scarlet, o verão da infância é sempre inesquecível, a inocência daqueles tempos não voltam mais. Ainda hoje posto minha primeira participação, aguarde! Um abraço!

    ResponderEliminar
  12. A ideia deste desafio partiu da nossa querida A Turista Acidental :) eu sou apenas a croma que ela desafiou para a ajudar a por em prática as ideias daquela cabecinha pensadora com coração d'oiro.
    Eu sou aquela que anda por aqui há algum tempo sem se mostrar muito, a falar por 'gestos', à espera de um dia recomeçar a escrever. Bem, parece que esse dia chegou... e hoje tem sido o dia do arrepio. Arrepio na pele, arrepio na alma, assomos de riso e de lágrimas. Hoje a blogosfera inteira é um episódio do "Conta-me como Foi"!
    E só vos posso dizer obrigada, obrigada, obrigada... mil vezes obrigada♥
    Porque o melhor do mundo é esta partilha voluntária e esta força que vem de dentro de todos nós e que nos pode juntar e unir... e voltar a ter orgulho de sermos Portual!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nós é que temos a agradecer! O vosso trabalho, o vosso empenho, a vossa imaginação.

      Beijos!

      Eliminar
    2. é incrível como as pessoas se podem unir em torno de algo ou alguém em quem acreditam não é?
      parabéns a ambas, por esta onda de positivismo que conseguiram criar!
      e parabéns a ti pelo texto, está lindo! e as tuas memórias são únicas!
      bjinhos

      Eliminar
    3. gostei muito destas palavras! ainda bem que te sentes assim. eu sinto-me uma pessoa diferente desde que entrei na blogosfera. beijinhos Scarlet

      Eliminar
  13. Acho que é assim para toda a gente.. O melhor verão é sempre enquanto somos crianças...
    Quer dizer que andaste aqui nas minhas bandas... =P

    ResponderEliminar
  14. Que verões tão animados, Scarlet! Que bom que foi ser criança!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Durante muito tempo também tive essa sensação que os meus verões nunca mais teriam a magia de antigamente....até o conhecer, o homem da minha vida....de há uns 14 anos para cá que escapamos para os nossos verões, normalmente quase no outono...e de há uns 10 anos para cá que amo também estes verões nossos como amo os que tinha antigamente. :-)

    obrigada por este desafio.estou a amar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. por acaso também tenho desses verões a dois com prolongamento a outubro :) e todos os anos são as minhas melhores recordações de verão :)

      Eliminar
  16. O mundo maravilhoso das crianças, quero que os meus filhos tenham assim memórias boas.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Está muito bom, e agradeço-vos desde já por este desafio estou a adorar participar, muitos parabens :)

    ResponderEliminar
  18. falar do meu pai - que já partiu - é sempre uma emoção muito especial ♥
    e que pensavam vocês?? que eu já tinha nascido cínica?! ah ah ah! ;)

    ResponderEliminar
  19. Ui isso é que era animação!!! Bjinhos ;)

    ResponderEliminar
  20. A infância tem o seu misto de inocência, brincadeira e admiração pelos mais velhos: os pais, os avós, os tios.Lindo Verão este, da Sacarlet Red.


    :)

    ResponderEliminar