caso não seja imediatamente redirecionado, estou em http://escritacarmim.blogspot.pt/

segunda-feira, 16 de julho de 2012

cem anos de solidão

não sei por onde começar a desenlear o novelo de emoções que me provocou a notícia do desaparecimento da memória de Grabriel Garcia Marquez.
os cérebros também deviam poder ser património da humanidade.
os cérebros também deviam poder ser protegidos e preservados.
o pior que pode acontecer a um escritor é esquecer-se de quem é.
daquilo que traz dentro de si.
do tanto que tem para dar.
é uma perda imensa, um vazio.
uma solidão para nós, que amámos a tua escrita.
hoje sou uma de tus tristes putas.

Sem comentários :

Enviar um comentário