caso não seja imediatamente redirecionado, estou em http://escritacarmim.blogspot.pt/

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

a dra. maria josé

tenho a sorte de ter um boa médica de família.
sempre gostei dela, apesar de a temer por ser tão ríspida.
nunca foi uma mulher doce, sempre usou as palavras como espadas e eu sempre fui uma doente em sentido.
mas sempre foi rigorosa e atenta no seu exame.
e isso tranquilizava-me.
há cinco anos que não nos víamos.
eu trabalhava numa empresa com um bom seguro de saúde e caía mal faltar uma manhã inteira para ir ao médico no centro de saúde.
deve ser esse o maior defeito da minha médica, chegar sempre muito atrasada.
mas fazia cinco anos que não nos víamos e a vida passou para ambas.
a mim trouxe-me o desemprego recente.
a ela trouxe-lhe um cancro.
e outra doçura ao olhar.
senti-me num reencontro com uma velha amiga.
mas o que me confirmou mesmo  que as coisas mudaram foram as palavras "você está com um bocadinho de peso a mais".
ela dizia-me sempre "você está gorda! muito gorda!".

3 comentários :

  1. Gostei muito de descobrir este espaço...e mais ainda de ler este post. Acho que está a falar da minha médica de familia...Será??? Posto da CP???
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei, eu só a conheço do centro de saúde da minha área (Sintra). É possível.

      Eliminar
  2. Hum...não. Estava a falar de Almada!!! Que engraçado. Parecia que estava a falar da minha médica, com o mesmo nome e mesma forma de estar!
    Bj

    ResponderEliminar