caso não seja imediatamente redirecionado, estou em http://escritacarmim.blogspot.pt/

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

elementar

claro que dado ser carneiro de vez em quando me corre mal isto de me saltar a tampa e meto a pata na poça.
à grande.
comigo é tudo à grande, até a asneira.

3 comentários :

  1. E normalmente não "dão a mão à palmatória".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste caso enganas-te. Sou a primeira a admitir quando faço asneira e sou sincera quando me retrato.

      Eliminar
  2. bem Scarlet eu sou caranguejo (mas devo ter um ascendente dos diabos porque conheço essas fúrias e essas vontades de "venham eles que eu chego para todos" , "venham que eu não tenho medo") ... sim e também me estatelo ao comprido e depois... dou a mão à palmatória (engulo um braço se for preciso mas admito que errei, onde e até peço desculpa) ... claro que prometo a mim mesma ter juizo na proxima, ter calma, ponderar mas, é só naquele momento. A minha frase mais conhecida é: "eu sou bruta mas admito a brutalidade das coisas que digo!"

    ResponderEliminar