caso não seja imediatamente redirecionado, estou em http://escritacarmim.blogspot.pt/

domingo, 20 de outubro de 2013

{euromilhões}

90% das vezes que telefono à minha mãe e à minha tia, não atendem.
a maioria das vezes porque não ouvem o telefone, outras vezes porque se esqueceram de o por a carregar e ainda outras vezes porque carregaram num botão por engano ou lhe tiraram o som.
hoje é domingo e atenderam, deve ser porque é dia do senhor, aleluia.
mas tive a conversa mais curta de todo o sempre com a minha mãe.
"olá mãe, estás boa?"
"hã?"
"mãe, sou eu, estás boa?"
"não te oiço"
"mãe, eu estou aos gritos, vê lá se tens o telefone bem ligado"
"estou na mesma"
"então já me ouves?"
"hã?"
"pronto mãe, eu ligo depois, beijinhos"
"hã?"
"beijinhos"
"hã?"
desliguei, é domingo e eu mereço descanso.
claro que já se passaram mais de dez minutos e a surda da minha mãe já podia ter dito à minha tia para me ligar, podia ser que ela me ouvisse ou, na loucura, que ligassem um dos muitos telemóveis que têm, todos guardados nas caixinhas, como novos, porque todos têm defeito.
mas não, lá em casa todos os telemóveis têm defeito, o telefone nem sempre funciona, elas não me ligam nenhuma e eu sou a ingrata que não quer saber delas, apesar de já ter gasto o equivalente a um salário mínimo nacional em telemóveis e chamadas para o café, para saber se estão vivas, porque não atendem o telefone.
as hipóteses de conseguir falar com elas e as hipóteses vir a ganhar o euromilhões devem andar taco a taco, sendo que para elas ligo muito e no euromilhões raramente jogo.

1 comentário :

  1. Ri-me tanto com este texto :)
    Quando ligo para a minha avó de vez em quando também acontece algo parecido.

    ResponderEliminar