caso não seja imediatamente redirecionado, estou em http://escritacarmim.blogspot.pt/

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

{pés de galinha e outras considerações}

eu bem as vejo nas fotografias, ao canto do olho, as primeiras rugas.
a testa ainda é lisa, mas a linha do maxilar perdeu a definição.
que porra, é mesmo verdade, uma mulher chega aos 40 e tudo descai, até o amor próprio.
mas o que admiro nas míudas de 20 que encontro por aí, o que lhes invejo, não é o viço do corpo, é a lisura da pele.
gostava de ter pele de inglesa, ou mesmo de nórdica, alva, lisa, uma cútis perfeita.
em vez disso sou trigueira, a minha pele escurece só com o ar do alentejo.
um corpo é um corpo e traz em si a nossa história de vida.
não me incomodam as mamas descaídas, a barriga flácida, a celulite no rabo nem as estrias.
os homems admiram o corpo das mulheres mais novas, desejam-no.
mas os homens amam o corpo da mulher que amam.
e os corpos não precisam de ser perfeitos para darem e receberem prazer.

Sem comentários :

Enviar um comentário